sábado, 30 de outubro de 2010

águia ou galinha



Rodrigo e Ana gostavam de passar férias no campo, na casa do avô João e da avó Luisa. Brincavam todo o dia, corriam, nadavam e ajudavam nas tarefas do campo.

Pelas noites, os avós liam com eles porções da Palavra de Deus. Cantavam e oravam juntos. Essa noite, tinham meditado no Pai Nosso, com ênfase na frase final: “Porque Teu e o reino, o poder e a glória, por sempre…”
-Devemos estar preparados para o retorno do nosso poderoso Rei!- repetia sempre a avó.
Os meninos ficaram curiosos com o que a avó tinha dito. Mas na manhã seguinte tinham esquecido o assunto. As crianças brincavam entretidas quando chegou o avô com algo nas mãos:
-
“Olhem crianças, Olhem o que achei no quintal!”
Era um pintinho de algum pássaro diferente! Mas, que diferente era!

O avô o levou ao galinheiro. Os pintinhos, patos, gansos, peru… todos começaram a gritar e a correr daqui pra acolá, apavorados e gritando. Era uma bagunça!
Dona galinha muito seria o inspeciono, primeiro com um olho e depois com o outro. O pintinho era muito estranho, e tremia da cabeça aos pés. No final a galinha abriu as suas asas e o cobriu. Os pintinhos se aproximaram para examinar o novo maninho.
Os dias passaram e os pintinhos cresceram e o pintinho estranho também. Ele era muito diferente de todos! Tinha asas enormes! Voava de um canto ao outro. Todos os outros integrantes do galinheiro tentavam imitá-lo mais não conseguiam.
Rodrigo e Anita acompanhavam o crescimento deste pássaro com muita curiosidade. E perguntavam. –“Vovô, que pássaro e este?” O avô João respondia misteriosamente: “Um dia saberão!”
Um dia aconteceu algo… Rodrigo e Ana estavam juntando frutas quando ouviram um som. Parecia um chamado desde muito longe. –”Esta vindo lá de cima! Olha! O que será isso? ” -O som ia se aproximando, se ouvia mais perto a cada momento.
Por fim conseguiram ver!
La encima no céu, voava um enorme pássaro. Ele voava em círculos sobre o galinheiro enquanto repetia sem parar o seu chamado. –Avô! Avó! Venham correndo, rápido…
Então aconteceu algo maravilhoso. O pássaro estranho estendeu suas asas e começou a se elevar. Passou pela tela de arame do galinheiro. Voou sobre os telhados da casa, voou até que se uniu com aquele majestoso pássaro nas alturas.
Era uma águia! O nosso pássaro estranho era uma águia!-gritavam as crianças.
Os moradores do galinheiro estavam alvoroçados. Os pintinhos pulavam e sacudiam as asas tentando voar sem êxito. As galinhas e os galos cocoricavam. Os gansos grasnavam. Os cachorros latiam. Os canários assoviavam descontrolados…

Passados uns minutos a calma foi voltando na chácara. Os avós e as crianças se sentaram na varanda.
-Sabem crianças?- disse o vovô. Um dia acontecerá com a gente algo parecido…
- É verdade!- Afirmou a avó. Um dia Jesus nosso Rei voltará nas nuvens e nos chamará como a águia…

Quando alguns ouvirem o chamado, irão com Ele, como aquele filhote de águia. Mas outros ficarão como aquelas galinhas.
-Eu não sei se serei águia ou galinha quando Jesus vier!- disse Rodrigo muito pensativo e visivelmente preocupado.
- Nem eu! -disse Ana com os olhinhos cheios de lágrimas.

Filhinhos –disse o vovô- somente os que receberam Jesus no seu coração têm a vida eterna e poderão voar em direção a Ele quando forem chamados. Aqueles que não recebem Jesus nos seus corações são somente galinhas… ficarão aqui quando Jesus vier. Não poderão ir com Ele ainda que tentem.
-Eu quero ser águia! –gritaram Rodrigo e Ana levantando a mão com entusiasmo.

Ali mesmo falaram com Deus:
-Senhor Jesus, entra em meu coração. Me perdoa pelos pecados. Limpa meu coração de toda sujeira. Não quero ser uma galinha quando o Senhor vier buscar os seus filhos!
- Querido Rei, eu quero ser um águia e estar atento ao teu chamado e subir com o Senhor quando vier naquele glorioso dia! Seja o Rei e Senhor da minha vida.

E você amiguinho? Está pronto para ouvir o grande chamado final? Está preparado para quando o Rei vier, cheio de poder e Gloria?

História extraída da revista argentina “El puentecito”. Ilustrada no Photoshop e adaptada pela Pra Gabriela Pache de Fiúza. (revisão Luis Henrique Lucena Coelho)

5 comentários:

  1. amei amei, na verdade trabalho com crianças na minha igreja e aqui tem muitas variedade..brigadu pela visitinha e estarei sempre por aqui!!


    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com/

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá eu ja ja tinha passado por aqui e ja estou ate te seguimdo..

    muito bom estar por aqui

    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com/

    http://pontocruz-coisasdemulher.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Cris .Fico muito feliz em ter vc comigo bjs me acha no face.

    ResponderExcluir